As diferenças entre um protetor solar Mineral e um Sintético

consciência ambiental dermatite atópica nanopartículas produtos naturais proteção física proteção mineral protetor solar puericultura cosciente sol vida marinha

Primeiro que tudo é fundamental que, enquanto família, não descuremos a importância de nos protegermos dos efeitos nefastos que a exposição ao sol pode acarretar. 

Hoje, sabemos ainda que devemos proteger a nossa pele todos os dias. Para além de nos proteger do aparecimento de cancro de pele, protege também do envelhecimento precoce.

Por cá adoramos o sol e é ele que nos fornece a tão importante vitamina D, contudo é certo e sabido que há uma série de premissas que temos de cumprir para que possamos aproveitar todos os benefícios deste nosso amigo.

Uma delas é a escolha de um protetor solar, que de facto cumpra a sua função, mas que continue a ser seguro para a nossa pele.

Existem pelo menos dois tipos de protetores solares. Os Físicos ou Minerais e os Químicos ou Sintéticos.

Quais as diferenças e quais os aspetos a ter em conta no momento da compra?

Protetores químicos:

  • A proteção funciona através da absorção da radiação solar;
  • Podem causar reações alérgicas, principalmente a pessoas com pele sensível;
  • As substâncias presentes na composição deste tipo de protetor e que são responsáveis pela absorção da radiação: benzofenonas; octocrileno; entre outros. Algumas destas substâncias provocam distúrbios hormonais e afetam negativamente o meio ambiente.

A Oxibenzona, está associado à poluição marinha, mais especificamente à destruição dos recifes de corais. Esta substância química faz o coral se enclausurar no seu próprio esqueleto, levando-o à morte. Os recifes de corais são muito importantes, já que são habitat de diversas espécies de peixes e protegem cidades costeiras das tempestades que surgem em alto mar. Cerca de 25% da vida marinha depende dos corais, segundo dados do Aquário Nacional Americano. O uso desta sustância é proibida em alguns países, como a Suíça.

Protetores Físicos ou Minerais:

  • Formam uma “barreira física” (película espessa na pele), o que permite proteger a pele das radiações solares ao refletir os raios, sem os absorver;
  • Estão especialmente indicados para crianças e pessoas com pele intolerante e sensível;
  • Exemplo de substâncias presentes na composição deste protetor responsáveis por esta barreira: óxido de zinco; dióxido de titânio; entre outros.

Ambos os tipos de protetor solar cumprem a sua função, desde que aplicados corretamente e desde que tenham um grau de proteção (SPF) indicado.

Para crianças e bebés é de facto fundamental escolher um protetor solar Mineral ou Físico dada a capacidade de absorção da pele dos mais pequenos. Um dos factores a ter em conta é a preferência por produtos que não contenham nanopartículas que podem ser absorvidas pela pele.

No entanto, e se pudermos escolher produtos que, para além de serem seguros para o nosso corpo, não são prejudiciais para o nosso planeta, a escolha para nós é simples.

Por isso, deixamos aqui algumas sugestões que estão disponíveis na nossa loja.

 

Protetor Solar Hipoalergénico SPF50 . Natural e Mineral . Bebés e Crianças . Acorelle . 17,50€

 

Protetor Solar em Spray SPF30 para Rosto e Corpo . Natural e Mineral . Acorelle . 20,50€

Creme Protetor Solar SPF30 Corpo . Mádara . 19,00€

Creme Protetor Solar SPF30 Rosto . Mádara . 29,00€

 

Protetor Solar Natural Sol De Ibiza . SPF 30 . Vegan . 24,00€


Publicação Mais Antiga Publicação Mais Recente